WiMax: Os dinossauros vão morrer

Dos melhores planos de internet banda larga, aqui no brasil temos o de 8Mbps. Com qualquer conexão superior a 256Kbps já é possível aposentar o telefone comum, como o conhecemos... Hoje em dia minha avó fica horas conversando com minha tia em Portugal com um headset na cabeça, gratuitamente, através do Skype, ou melhor, através do ciberespaço.

A tecnologia WiMax oferece uma conexão de até 75 Mbps em um raio de 50 km. Sem fio, lógico. É muita coisa! Se imaginarmos uma anteninha dessa na cabeça do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, toda a metrópole estaria online, incluindo, é claro, a baixada.
Conferi na "régua" do GoogleEarth e desconsiderando a principio barreiras geográficas.

Vemos, em questão de poucos meses, celulares (dispositivos móveis como um todo) sendo ultrapassados. por novas tecnologias. O infravermelho, por exemplo, já é considerado obsoleto e vem sendo substituido pela tecnologia do bluetooth (1Mbps num raio de 10-100 metros).

Nossa geração assiste a chegada de uma nova geração de DM (dispositivos móveis), com Wi-Fi que permite aos celulares " se conectarem" a uma rede sem fio, mandando assim as operadoras, como a conhecemos, pro espaço. "Hasta la vista" vivo, tim, oi, claro...para o alívio de todos!

Pierre Levy, o filósofo francês autor de Cibercultura, em seu livro "Conexão Planetária" escreve:
"Torna-se absurdo que 25 companhias telefônicas, automobilisticas, aéreas ou de distribução ofereçam o mesmo serviço na mesma região. Logo, para cada grande função não haverá mais de quatro ou cinco mega-empresas planetárias... e uma pequena frota mutante de pequenas empresas inovadoras em torno dela. A pressão dos consumidores, assim como a lógica profunda do marketing, fará progressivamente dessas imensas corporações "serviços públicos" planetários"

Enquanto isso, na república das bananas, o ex-jornalista e funcionário da Rede Globo (até hoje?), ministro das Comunicações, Helio Costa, adia mais uma vez a licitação do WiMax e altera a regra dos pulsos, alegando beneficiar o usuário de internet discada, mas prejudicando todos os outros usuários e ainda esses de internet discada que poderiam ter um acesso gratuito à web através de subsídios do governo à implantaçã dessa tecnologia. A conexão poderia, inclusive, ser oferecida em regiões onde não existe infra-estrutura de cabos telefônicos ou de TV a cabo, abrangendo, assim, regiões de menor infra-estrutura. A decisão foi tomada em conjunto com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para evitar, segundo eles: "perdas ao consumidor" ¬¬

18 comentários:

Polo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Polo disse...

>>> a superposição de sons - imagens - cenas & palavras > engendra processos perceptivos e de constituição temporária de sentidos > percebe-se algo q parace não pertencer à experiência do mundo > situações artificiais potencializadas pela semântica própria da linguagem em seus novos suportes > sugerindo ambigüidades e simultaneidades que as novas tecnologias possibilitam as coincidências do tempo cronológico > a substância da mixagem > o ordenamento aparentemente geométrico e mecânico das coincidências factuais induzem a um encontro entre temporalidades > sugerindo 1 sentimento de tempo q não se assemelha a nada > engendrando uma atemporalidade [um tempo re-inventado (singular) que abre linhas de fuga >>>

rodrigo_galhano disse...

Fim das operadoras de celular? Sei não... Isso pode acontecer mesmo?

Insana disse...

Amo este blog... venho sempre! Vou sugerir um assunto específico... A propaganda no meio digital. Tem muuuuita coisa para falar. Bluetooth tb é uma tecnologia que vale um post.
Parabéns mais uma vez!

Marize Figueira disse...

Dá-lhe sola!!
Adorei este post!!
Acho q vc podia dedicar um post sobre esse gancho, de como as políticas públicas brasileiras(min. comunicação, min. cultura) estão acompanhando esse processo.
Talvez até focar no MinC!
=)

Ana Caroline disse...

Quem dera a Vivo morre-se!!! hauahuahua Já viu que eu não gosto muito dela né? Bom, adorei se post, super bem escrito!! Virei sempre dar uma olhada!!
beijos

Kyo Carleon disse...

Que legal teu Blog...desculpa pela demora em responder...
Não sabia que era possível 72M de velocidade...daqui a pouco vamos navegar a gigas hahhahah
Quanto ao anime com referências ao ciberespaço, o nome dele é Ghost in the shell... É um clássico muito famoso. É uma ersão animesca de Blade Runner, onde a personagem principal, Major Kusanagi, é uma andróide. Num sei muito porque não assisti até hoje...Mas pretendo...Se você quiser assiste e me diz como é.
Parabéns pelo blog

Nati Chaves disse...

Foi mto esclarecedor o post!gostei!
bjos

Tadeu Salgado disse...

Menina inteligente!

Gabriel S. disse...

Muito interessante ! gostei !! Depois passa lá no meu ! abraços !

Pousadas e Hotéis em Petrópolis/RJ

filipe sette disse...

Até parece que uma coisa dessas da certo aqui no Brasil.. Quando isso for aprovado a internet já vai ser passado rsrs..

Alexis Kauffmann disse...

É o que chamam hoje de "consolidação do mercado", um eufemismo contemporâneo para "concentração de capitais", algo sempre visto como avesso à natureza do capitalismo e, hoje, alardeado como solução em nível global. Os tempos mudam e, com eles, os discursos...

Amanda Henriques disse...

Tenho medo do monstrengo chamado monopólio...
Criatura cruel...

Estou te adicionando na minha rede.
Vou passar sempre aqui para comentar. Gostei do blog, super antenado.

Meu link é Arquitetura de Interiores .
Bjs!

Flávia Chapot disse...

ótimo post mesmo.

e eu não lia citações de pierre levy desde o primeiro período da faculdade, História da Comunicação com Aníbal Bragança.

ai ai.

Doce Joice disse...

É uma pena que as coisas demorem tanto pra chegar por aqui!!
vamos realmente aguardar a morte deles, principalmente de quem tá "VIVO".
já te adicionei a minha lista de links.
Atualizei meu Blog, está com um receita deliciosa. Dá uma passadinha por lá e comenta.
Bjus

WalterLeis disse...

A chegada da tecnologia é inevitável, e vem alavancada não só pela demanda do mercado, mas pela "urgência" da demanda, que têm acesso às informações e cobra, exige, que as tecnologias também fiquem disponíveis aqui. Vamos pressionar, se gritarmos bem alto, quem sabe, podemos ser ouvidos.

Amanda Henriques disse...

[[Del.i.ciei seu blog.
Beijos

Arquitetura de Interiores

livw disse...

camisa!! n sei se vc ainda tem pensado nesse blog mas vc já ouviu falar no worldcommunitygrid.org?? Esse site é muito interessante ao se pensar em cibercultura... pq é tecnologia voltada p o social. lê o site e me diz o q vc acha! beijo, rébows